Quase noite


A cortina da noite encobria os últimos respingos da luz do dia. Na paisagem infinita que se alinha ao horizonte, prosperam impressões que o manto do crepúsculo insinua sem revelar.

6 comentários:

Solina disse...

Precisamente tus versos descubren
la magía de ese escenario al caer
los primeros trazos de la noche que
se asoma, bella imagen y muy bello
tu Blog... con tu permiso aqui me
quedo.

Un abrazo sin fronteras para ti.

Ricardo LAF disse...

Solina, muito obrigado! Você é bem vinda e um prazer trocar palavras sem fronteiras! Abraços.

Caroline Godtbil disse...

Quase noite... encanto total... uma foto emocionante.
Beijo.

Ricardo LAF disse...

Caroline, obrigado. Fico feliz em saber que tenha gostado.

Rafael Castellar das Neves disse...

Caramba! Excelente...gostei muito das suas palavras....ainda mais por ser um momento do dia que tanto me agrada!

[]s

Ricardo LAF disse...

Rafael, fico muito grato por suas palavras e por saber que, de algum modo, o instante daquele entardercer tenha provocado tal identificação. Grande abraço.