Durar


Passava pelo baile da noite e não despregava os olhos das faíscas da dança, do movimento do sopro de um instante que a terra há de comer.

Amanhecer


Em um espaço da manhã da cidade, é verdade, a cor trepa com a luz e elas ficam fornicando até o sol a pino declarar que agora é diferente, que podem parar com aquilo.

Equivocar


Saiu da sala luminosa e ficou imobilizado quando as promessas foram sugadas por uma escuridão de textura infinita, pontilhada por significados invisíveis aderentes a sua total falta de compreensão, que persistiam em se parecer com o que jamais poderia esquecer e presumir saber.

Noturna


Os perfumes da madrugada exalavam entre as luzes do céu e levavam seus segredos embora. Era o fim de um começo que por fim se iniciava.

Retirar


Na solidão, enquanto o mundo inteiro celebra suas maravilhas e almas caridosas te convidam para participar, vem o pensamento de que estar lá seria um atentado contra o indizível, como forjar um significado para o que parece não ter significado e estragar a festa.

Urbanos


Aquele acontecimento, o ritual das vidas que tocavam a cena, estava lá visível a poucos metros, do parapeito da ponte até a altura que se acaba no lixo e no movimento reciclável das mentes que andam, param e guiam carros que queimam fósseis.