Pragmatismo


Acreditava ser possível definir escolhas por meio de esquadros. A praticidade das réguas gestava um lugar onde tudo cabe, do modo como se quer. Ensimesmado, esse mundo padrão mantém a fachada de sua integridade com a ignorância sobre as outras ferramentas dos outros mundos.

4 comentários:

Arco-Íris de Frida disse...

Ja pensou poder fazer escolhas pela precisao das reguas? Quem dera...

Ricardo LAF disse...

Frida, pode ocorrer, apesar da tentação pelo prático, de ser um verdadeiro tédio.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Ricardo,sua postagem me deixou a pensar na complexidade do mundo das palavras.Realmente, a padronização de um mundo ainda vai continuar a nos fazer pensar e muito sobre o que escolher. Belo texto. Grande abraço!

Ricardo LAF disse...

Marli, agradeço por sua mensagem e ponderação. A escolha é mesmo um dilema diário, tensão permanente, se dispor a negligenciar o não escolhido. Abraços!