Pausa


Era permitido sentar, lembrar a inutilidade do sentido que se atribui ao mundo e retirar os sapatos que pisam nele.

2 comentários:

Carol disse...

nada como poder colocar os pés no chão...

Ricardo LAF disse...

E como, Carol!