Fantasiar


Dentro da sala o ventilador girava em estado terminal, empurrava preguiçoso um bafo quente gomoso que vinha da noite lá de fora, onde as luzes iam embora para sempre depois de atravessarem uma senhorita diante de um orelhão de olho em suas conversas, que experimentava a festa dramática do engano e suas delícias, seus sonhos bestas e a narrativa de uma ficção mais maravilhosa da face desta terra que se desfaz para se refazer enganosa.  

Nenhum comentário: